quinta-feira, 27 de agosto de 2009

domingo, 9 de agosto de 2009

Feliz dia dos pais que não tive.

FELIZ DIA DOS PAIS????



Hoje é o dia dos pais.
Dia feliz para alguns, de tristezas para outros...
Mas pode ser um dia pior quando é dia de decepção, de mágoa, desencanto.
Felicidade se vive se reparte...
Tristeza se sente se divide com alguém.
Mas decepção, mágoa e desencanto se sente só, remoendo o coração.
Por que tanta amargura num dia que deve ser doce?
Eu não tive um pai, ou melhor, tive dois não ficando com nenhum.
Até os 4 anos convivi com meu pai biológico. Uma convivência de conflitos, fugas afinal eu era o fruto podre , resultado de uma ralação fora do casamento, proibida.
Na verdade nunca o senti como pai. Para mim criança sem entender muito, ele era aquele senhor que me trazia doces e um dia me levou para tirar uma foto. Foto essa que expresso tristeza... tanta tristeza.
Meu pai verdadeiro, quando eu tinha 4 anos me deu para outro pai que ele pensava (e tenho certeza) seria o melhor pai para mim. Ele me daria amor, atenção, carinho, colo de pai, presença de pai, carão de pai, seria pai.
Mas a vida dizem, que é uma roda e nesta roda da vida nem tive tempo de senti-lo pai, pois com 5 meses de convivência ele descobriu que estava muito doente teve que se internar . Depois de 4 meses morreu e eu fiquei órfão de pai que não tive.
Fui criança sem pai, aquela que na escola sempre foi rejeitada por ser gorda pobre e muitas vezes a única sem pai.
Com dez anos voltei a ver meu pai biológico, agora ele estava velho, doente (quando eu nasci ele tinha 77 anos). Lembro-me dele sentado em uma cadeira de balaço calado, ombros caídos e olhar sempre triste.
Seria a tristeza de não termos vivido momentos de pai e filha ou o arrependimento da existência desta filha?
Mas novamente com poucos meses meu pai biológico foi embora. Será que sou eu que afasto do meu convívio os pais que poderia ter?
Fiquei adolescente sem pai para me aconselhar, até mesmo para quem me rebelar. Não tive pai para falar do meu primeiro beijo mesmo que se tivesse talvez nem contasse. Não tive pai para comemorar a provação no vestibular, nem pai para me parabenizar pelo meu diploma. Não tive pai para alguém pedir minha mão nem pai para entrar comigo na igreja. Não tive pai para dizer feliz que ele seria avó.
Só tive lembranças muito poucas daqueles que seriam meus pais.
Hoje sou mãe. Divino (sem ser o espírito santo) me possibilitou esse milagre. Minhas filhas têm um pai que tem hora que é alegre, brincalhão, mas tem hora que é bravo e diz coisas que magoam ...mas elas te um pai que pode não ser perfeito mesmo assim é um pai com quem elas podem sair e se alguém perguntar dizer : ESTE È MEU PAI .
Feliz dia dos pais para aqueles que são pais de verdade, para aqueles que são pais adotivos, para os pais de mentira enfim para todos os pais. até mesmo para os pais que não tive.
Vera Lucia de Souza 9 de agosto de 2009

terça-feira, 14 de julho de 2009

A mais linda letra de musica

Estamos na semana da amizade.
Num momento de lembranças dos velhos e atuais amigos me veio a mente a musica de Osvaldo Montenegro "A lista". Esta musica tem uma filosofia imensa, uma letra profunda que toca a alma reavivando antigas lembranças, deixando um sabor amargo de saudade, uma tristeza imensa pelo não vivido. Tantos amigos e amigas eu tive. Alguns amigos que desejei como amores, alguns amores que nunca deveriam ter passado de amigos. Amigas queridas como irmãs que não tive ( ou que tive mas não convivi). Enfim amigos que hoje talvez nem se lembrem de mim, mas com certeza eu lembro deles. Wcélia, Patricia, Ana, Lucia, Sheilla, Leila, Wagner, Walter, Leo,Gildo, Carlos, Marcos , Edson, Valdemar... Alguns da minha lista que perdi o contato, mas não perdi a lembrança. Que bom se pudesse revê-los, falar o que devia ter falado e não falei ou pedir perdão pelo que falei e não devia.
Mas recordações e tristezas a parte, vejam a letra e reflitam sobre sua beleza.
A Lista
Composição: Oswaldo Montenegro
Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?


terça-feira, 7 de julho de 2009

Para refletir

Adoro a revista Construir Notícias, ela tem reportagens maravilhosas e uma das que mais gosto é essa que foi publicada no numero 24 de setembro/outubro de 2005 que trata sobre Educação em valores, valores em Educação!

As Cem Melhores Coisas que Você Pode Fazer Pelo Seu Filho

Poucas coisas são mais importantes na vida do que educar crianças. No entanto, a maioria das pessoas não recebe nenhuma educação formal para realizar essa tarefa com sucesso. Em grande medida, as habilidades de educar filhos são desenvolvidas na observação de como nossos próprios pais lidaram conosco e com os nossos irmãos. Quando temos pais tranqüilos e eficientes, nossas habilidades de educar tendem a funcionar. Se nossos pais foram pouco habilidosos em lidar com os filhos, tendemos a ter dificuldade em lidar com nossos próprios filhos. Embora a educação de filhos possa ser tremendamente compensadora, é, muitas vezes, cheia de dores de cabeça, confusão e sofrimento. Se você seguir os princípios delineados aqui, notará um aumento marcante na sua eficiência com seu filho, além de um relacionamento pleno e mais positivo. Escolha aquelas que são apropriadas para a situação. Essas “melhores coisas que você pode fazer pelo seu filho” foram reunidas com o passar dos anos de experiência clínica com crianças e adolescentes “difíceis” e “não tão difíceis”. Essas dicas também resumem tudo o que foi abordado em O manual de instruções que deveria vir com seu filho, de Daniel Amen.Lembre-se de como é ser criança e adolescente1 Lembre-se de como é ser criança (o bom e o ruim). Como se sentia quando tinha a idade deles. Isso vai ajudá-lo a reconhecer e a lidar com as preocupações dos filhos.2 Lembre-se de como se sentia quando mamãe e papai estavam muito ocupados para atender você.3 Lembre-se de como era quando você dizia uma mentira e de como gostaria que seus pais tivessem reagido ao descobrir a verdade.4 Lembre-se de como se sentia quando seus pais brigavam entre si. Você briga da mesma maneira com o seu parceiro?5 Lembre-se de como se sentiu quando sua mãe ou seu pai o/a levou a um lugar muito especial.6 Lembre-se das horas das refeições. Se foram experiências positivas (e por quê) ou experiências negativas (e por quê).7 Lembre-se de como se sentia na hora de ir para a cama.8 Lembre-se da primeira vez em que você convidou alguém para sair, ou de quando foi convidado, e da intensa ansiedade que acompanha um namoro.9 Lembre-se de seus sentimentos e suas experiências sexuais quando criança e adolescente.10 Lembre-se dos piores professores que teve. Assim, você pode entender seus filhos quando eles reclamam da escola.11 Lembre-se dos melhores professores que teve, para dizer aos seus filhos como a escola pode ser boa.A autoridade é essencial12 Ser firme com seus filhos não é o mesmo que ser mau.13 A autoridade é essencial para manter ordem e estrutura na família. Seus filhos o respeitarão mais se acreditarem, de fato, que você deve ser a figura de autoridade nesse relacionamento. 14 Estabelecer a autoridade (de forma gentil) com a criança aumenta a criatividade. Os

limites são conhecidos, e ela não precisa testá-los constantemente, deixando energia para atividades mais produtivas. Além disso, a criança também aprenderá a lidar com a autoridade quando adulta.15 Faça valer o que diz. Não permita que a culpa o faça voltar atrás naquilo que sabe que é certo.Seu relacionamento com seus filhos é a chave do sucesso16 Seu relacionamento pessoal com seus filhos é importante para o bem-estar emocional deles! Muitos pais subestimam sua influência. Com um bom relacionamento, eles recorrerão a você quando precisarem. Quando o relacionamento é ruim, procurarão outros (como os amigos) em busca de conselho.17 Respeite seus filhos. Trate-os em casa como os trataria na frente dos outros. Isso também os ensina a serem autênticos com as pessoas.18 Passe algum “tempo especial” com seus filhos todos os dias, fazendo o que gostam e querem. Quinze a vinte minutos por dia de “tempo especial” irá fortalecer o elo entre vocês e fará uma grande diferença na qualidade do relacionamento. Quando você está disponível para seus filhos, os ajuda a se sentirem importantes e aumenta sua auto-estima.19 Seja um bom ouvinte. Descubra o que seus filhos pensam antes de lhes dizer o que você pensa.20 Fale com seus filhos no nível deles.21 Evite gritos. Como é que você se sente quando alguém grita com você? Fale de maneira suave com eles; assim, estarão muito mais dispostos a ouvi-lo.22 Mantenha as promessas que fizer.23 Os filhos aprendem sobre relacionamentos observando como os pais se relacionam entre si. Você está dando um bom exemplo?Um ambiente amoroso e prestativo24 Diga aos seus filhos todos os dias que você os ama.25 Seja carinhoso. Abrace-os sempre que buscarem o seu colo ou a sua proximidade. 26 Estabeleça contato visual com seus filhos todos os dias e pergunte como foi o dia deles.27 Ouça a música que ouvem para saber que informação está entrando na cabeça deles.28 Limite a TV e o videogame. Lembre-se: são atividades “sem cérebro” e de pouca utilidade às crianças. 29 Não permita que assistam a muitos noticiários. Isso assusta e aumenta a ansiedade.30 Cuide dos rituais (ir para a cama, refeições, feriados, etc.), pois fornecem continuidade, estrutura e estabilidade familiar.31 Apresente-os a uma grande gama de experiências, mesmo que eles hesitem em aceitar.32 Participe de jogos com seus filhos. A recreação é essencial para uma vida equilibrada e feliz.Expectativas claras33 Seja claro com o que espera da criança ou do adolescente. O que funciona bem é afixar regras, delinear as “leis” e os valores da família. Aqui estão oito exemplos:• Falar a verdade.• Tratar um ao outro com respeito.• Não discutir com os pais.• Respeitar a propriedade um do outro.• Fazer o que a mãe e o pai disseram da primeira vez (sem reclamar ou fazer cena).• Pedir permissão antes de ir a algum lugar.• Guardar as coisas que tirou do lugar.• Procurar maneiras de ser gentil e prestativo um com o outro.
Dê atenção ao que você gosta bem mais do que ao que você não gosta34 Quando seus filhos cumprem as regras e as expectativas, note isso. Se nunca reforça a obediência, é pouco provável que ela se mantenha.35 Note os comportamentos de que gosta nos filhos dez vezes mais do que os comportamentos de que não gosta. Isso os ensina a notar o que eles gostam em si mesmos, em vez de criar uma auto-imagem crítica.36 O elogio e o incentivo não só fortalecem a ligação entre pais e filhos, como aumentam o bom comportamento e ensinam novas habilidades. A raiva e o castigo podem reprimir o comportamento difícil, mas não ensinam nada de bom a longo prazo e ainda prejudicam o relacionamento.Disciplina37 Lembre-se: não diga aos seus filhos para fazerem alguma coisa dez vezes. Espere que obedeçam da primeira vez! Esteja pronto para fazer valer suas palavras.38 Use a disciplina para ensiná-los, em vez de castigar ou revidar por causa do mau comportamento.39 Jamais os discipline quando estiver descontrolado. Retire-se por um tempo até reassumir o controle de si mesmo.40 Considere o mau comportamento como um problema que você vai resolver, em vez de se fixar na idéia de que “o garoto está só querendo me irritar”.41 É importante que faça valer conseqüências rápidas e claras para regras quebradas, de forma direta e sem emoções exacerbadas. Bronca e gritaria são extremamente destrutivas e ineficientes.42 Sempre se lembre das palavras “firme” e “gentil”. Um pai costumava dizer “duro como prego e gentil como um cordeiro”. Tente equilibrar os dois ao mesmo tempo.43 Quando seus filhos ficarem presos no comportamento negativo, tente distraí-los e volte ao assunto mais tarde.44 Lide com a mentira e o roubo imediatamente.45 Aprenda a lidar com situações difíceis com seus adolescentes (sexo, drogas, desrespeito). Muitos pais me perguntam se funciona bater nos filhos. Respondo que a questão é a qualidade do relacionamento e a capacidade de ser firme e gentil com eles.Escolhas46 Dê aos seus filhos a chance de escolher entre várias alternativas, em vez de decretar o que eles vão fazer, comer ou vestir. Se tomar todas as decisões por eles, serão incapazes de tomar suas próprias decisões mais tarde.47 Antes de dizer a sua opinião sobre uma decisão na vida deles, peça-lhes que lhe contem o que pensam.48 Incentive-os a tomar decisões independentes, baseadas no conhecimento que têm, em vez de fazê-lo com base na opinião dos amigos.Supervisão49 Supervisione a experiência escolar. Conheça o professor. Seja uma parte ativa da classe dos seus filhos. Às vezes os pais são as últimas pessoas a saber de coisas que não estão dando certo. Quando você se envolve, ajuda a mantê-los nos eixos.50 Saiba onde estão todo o tempo. Diga-lhes que quer saber com quem estão, o que estão fazendo e a que horas chegarão em casa. Mostre-lhes que vai verificar periodicamente. De início, vão reclamar de sua intromissão; mas, a longo prazo, vão apreciar que você se importa.
51 A confiança é baseada nas experiências passadas. Mostre que o grau de liberdade deles depende de quão confiáveis se mostrem.52 Passe um tempo com os amigos de seus filhos (mesmo que o rejeitem), para saber a que tipo de influência seus filhos estão expostos.Apoio dos pais53 Os pais precisam estar juntos e apoiar um ao outro.54 Quando, aos filhos, é permitido dividir a autoridade paterna, acabam tendo muito mais poder do que lhes seria benéfico.55 Os pais que têm suas forças sugadas não conseguem se dar de forma adequada aos filhos. Nesse caso, o melhor é reservar um tempo para repor as energias.56 A melhor coisa que você pode fazer pelos seus filhos é amar o seu parceiro.Auto-estima57 As crianças assumem os rótulos que lhes damos. Seja cuidadoso com os apelidos e as frases que usa para descrever seus filhos.58 A auto-estima deles é mais importante do que a qualidade de sua lição de casa.59 Ajude-os a ter ilhas de competência em áreas de seu interesse (esporte, música, etc.). A auto-estima se baseia na capacidade de a pessoa se sentir competente.Ensinando as crianças60 Uma forma significativa de seus filhos aprenderem valores é observando o comportamento dos pais. Ensine-lhes valores através de sua conduta e de sua experiência de vida. 61 Converse sobre sexo e drogas. Não deixe essa responsabilidade para a escola!62 Ajudem-os a aprender com seus erros. Não os menospreze, senão eles o farão consigo mesmo quando não alcançarem a perfeição.63 Tenha somente alimento saudável em casa: assim, aprenderão a comer bem para manter a saúde.64 Ajude-os a incluírem as atividades físicas na rotina diária.65 Respeito à natureza e aos animais são valores que devem ser reforçados na educação.66 Converse sobre vida e morte.67 Não permita que culpem os outros pelo que acontece em sua vida.68 Ensine-lhes o poder de delegar.69 Agradecer o que recebem é outro aprendizado importante.70 Demonstre que a organização torna o dia-a-dia mais fácil (isso pode significar manter o quarto arrumado, mesmo quando essa não seja a tendência natural deles).71 Faça da leitura um hábito. Leia para seus filhos (ou peça que eles leiam para você).72 Informe-se sobre as novas tecnologias e seja o primeiro a lhes ensinar.Trabalho e filhos73 Incentive seus filhos a trabalhar por aquilo que querem, ao contrário de lhes dar tudo o que pedem. O trabalho é bom para eles. Irmãos74 Incentive e recompense o respeito entre irmãos. Corrija o comportamento inadequado e hostil. Lembre-se de que um pouco de rivalidade entre irmãos é normal. Amigos e colegas75 Não se meta nas brigas entre os amigos e colegas de seus filhos, mas esteja disponível
para dar conselhos.76 Não permita que andem na companhia de pessoas que usam drogas, que briguem ou se envolvam em atividades perigosas.
Quando há problemas77 Procure ajuda profissional para seus filhos quando necessário. Não varra os problemas para debaixo do tapete. Incentive-os a falar sobre as coisas que não estão funcionando em sua vida.78 Peça desculpas quando você cometer erros.79 Ajude-os a superar incapacidades e fraquezas.Entenda o que é normal80 Entenda o desenvolvimento normal (por exemplo: as fases críticas do desenvolvimento, como a revolta dos dois anos de idade; a questão da independência e identidade nos adolescentes, etc.).81 Se o adolescente se afastar da família, conquiste-o com bondade, não com rancor.82 Não diga a um adolescente de 18 anos o que fazer. Provavelmente fará o contrário. Sugira alternativas, Ouça, ajude-o mostrando as opções. Seja cuidadoso com suas palavras, senão ele dirá algo como: “Já tenho 18 anos, posso fazer o que quiser”.Aprenda o máximo possível83 Ser um bom pai é resultado de aprendizado. Leia, informe-se, aprenda tudo o que puder.Cuidados com o bem-estar84 Faça seus filhos usarem capacete quando andarem de bicicleta, skate, patins e em outras situações de alto risco. Cuide dos esportes que eles praticam, evitando o risco de contusões na cabeça.85 Leve a sério machucados na cabeça, até os menores.86 Faça com que, no carro, usem cinto de segurança em todas as ocasiões.87 Programe dietas equilibradas, com menos açúcar refinado e carboidratos.88 Ensine seus filhos a terem pensamentos positivos e a se prevenirem contra os pensamentos negativos.89 Todos os dias, faça com que agradeçam por tudo o que têm.90 Leve-os para assistir a filmes edificantes.91 Cerque-os com bons aromas.92 Faça-os compor uma biblioteca de experiências maravilhosas.93 Faça exercícios regulares com eles.94 Ensine-lhes a respirar de forma correta (calma e profundamente, usando o diafragma).95 Ensine seus filhos a confrontar e lidar com situações conflitantes.96 Faça com que desenvolvam objetivos claros para sua vida (relacionamentos, escola, trabalho, dinheiro e o self) e que olhem para eles todos os dias.97 Cante com seus filhos sempre que puder. Faça com que a música torne-se parte da vida deles. Se puder, e eles quiserem, proporcione-lhes aulas de dança e de música. 98 Elimine a cafeína na medida do possível. 99 Beba moderadamente na frente deles e jamais use drogas ilegais.100 Na hora da birra, não permita que batam a cabeça quando frustrados

Para rir um pouco

Rir é sempre um bom remédio por isso leia essa que uma colega do curso de midias colocou na sala do café.
E-Mail Errado
*Quando o homem chegou e foi para seu quarto no hotel, viu que haviaum computador com acesso à internet, então decidiu enviar um e-mailà sua mulher, mas errou uma letra, sem se dar conta, e o enviou a outroendereço (outra pessoa)...O e-mail foi recebido por uma viúva que acabara de chegar do enterrodo seu marido e que, ao conferir seus e-mails, desmaiou instantaneamente.O filho, ao entrar em casa, encontrou sua mãe desmaiada, perto docomputador, em que na tela se poderia ler:Querida esposa: Cheguei bem. Provavelmente se surpreenda em recebernoticias minha por e-mail, mas agora tem computador aqui e podem-seenviar mensagens às pessoas queridas. Acabo de chegar e já me certifiqueique já está tudo preparado para quando você chegar na sexta que vem.Tenho muita vontade de te ver e espero que sua viagem seja tão tranqüilacomo está sendo a minha.PS: Não traga muita roupa, porque aqui faz um calor infernal!!rsrsrsrs

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Viva as pessoas entusiasmadas!11



Nesta foto estão minhas filhas, Amanda e Ana Paula com a amiga Ana Elisa que são pessoas entusiasmadas pela vida. Que Deus as abençõe sempre.




Outro texto do Professor Marins que no texto anterior saiu com o nome Martins


Como ainda estou aprendendo a organizar o BLOG, não consegui editar e corrigir o erro que não percebi de imediato, o que prova a importância de ler e reler mais de uma vez quando vamos postar algo.. Com certeza é por isso que as revistas e jornais têm os revisores, pois as vezes lemos e não percebemos as falhas, outra pessoa chega e logo percebe o danado do erro que está lá em destaque.
Mas a vida é assim: errando e acertando, o que não pode, é não errar porque não se tentou . Are que é filosofia demais!!!!!!.



A IMPORTÂNCIA DO ENTUSIASMO



A palavra ENTUSIASMO, vem do Grego e significa ter um deus dentro de si. Os gregos eram politeístas, isto é, acreditavam em vários deuses.
A pessoa ENTUSIASMADA, era aquela que ora possuída por um dos deuses e por causa disso, poderia transformar a natureza e fazer as coisas acontecerem. Assim se você fosse entusiasmado por Ceres (deusa da agricultura) você seria capaz de fazer acontecer a melhor colheita e assim por diante...
Segundo os gregos, só pessoas ENTUSIASMADAS eram capazes de vencer os desafios do cotidiano. Era preciso, portanto ENTUSIASMAR-SE.
Assim , O ENTUSIASMO é diferente do otimismo. Otimista significa eu acreditar que uma coisa vai dar certo. Talvez até torcer para que ela dê certo. Muita gente confunde otimismo com entusiasmo. No mundo de hoje, na empresa de hoje, É PRECISO SER ENTUSIASMADO. Pessoa entusiasmada é aquela que acredita na SUA CAPACIDADE DE TRANSFORMAR NAS COISAS, DE FAZER DAR CERTO. Entusiasmada é a pessoa que acredita em si. Acredita nos outros. Acredita na FORÇA QUE AS PESSOAS TÊM DE TRANSFORMAR O MUNDO E A PRÓPRIA REALIDADE.
E só há uma maneira de ser entusiasmado. É agir entusiasticamente! Se formos esperar ter as condições ideais primeiro, para depois nos entusiasmarmos, jamais nos entusiasmaremos com alguma coisa, pois sempre teremos razões para não entusiasmarmos. Não é o sucesso que traz o entusiasmo, É O ENTUSIASMO QUE TRAZ O SUCESSO. Conheço pessoas que ficam esperando as condições melhorarem, a vida melhorar, o sucesso chegar, para depois se entusiasmarem. A verdade é que jamais se entusiasmarão com coisa alguma. O ENTUSIASMO É QUE TRAZ UMA NOVA VISÃO DA VIDA.
Mas afinal... Como vai seu entusiasmo pelo Brasil, pela escola onde trabalha, por seu emprego, por sua família, por seus filhos, seus amigos, pelo seu sucesso pessoal, por voce mesmo?
ACREDITE NA SUA CAPACIDADE DE VENCER, DE CONSTRUIR O SUCESSO, DE TRANSFORMAR A REALIDADE (...)
Você verá a diferença...
Boa sorte e Sucesso !
Fonte : texto de Luiz Almeida Marins Filho, Ph.D. Comunit Comunicação e Marketing Ltda
Retirado dia 11/06/2009 as 10:00 do http://www.inclusao.com.br/projeto_text

Um texto para refletir


Nos tempos atuais de muito stress, angustias e decepções no trabalho, em família e conosco mesmo , muitas vezes pensamos em desistir , parar e ficar como dizia Raul Seixas “esperando a morte chegar”. Porém é preciso que busquemos algum apoio , acreditar em algo, buscar metas de mudanças . A leitura pode ser um recurso que nos auxilia nestes momentos. Para mim a bíblia deve ser o primeiro apoio, devendo ser complementado por outros tipos de leitura.
Particularmente gosto de textos do professor Marins. Sei que o vai fazer com que eu mude minha postura, saia do desanimo, não é só o texto. Em mim é preciso a chama da vontade de viver, que mesmo esmaecendo deve estar presente em todos os nossos momentos.
Assim reproduzo um texto do professor para refletir um pouco sobre a vida.


COM PERSEVERANÇA E DISCIPLINA VÁ EM FRENTE

Luis Almeida Martins Filho, Ph.D


Vá em frente! Não paralise frente a um erro ou fracasso! O que precisamos entender é que nunca podemos avaliar um erro no momento em que ele ocorre como sendo um fracasso definitivo. Muitas vezes, o que aparentemente foi um fracasso poderá ser exatamente a razão de um sucesso futuro. Na ciência isso é fundamental. É errando que se aprende! Graças a alguns erros é que chegamos a conclusões lógicas, acertadas. Poderemos no mínimo, aprender com esse erro e não cometer mais um erro semelhante no futuro. Isso já é positivo. Fazer novamente, começar de novo, tentar varias vezes é fundamental para o sucesso, na ciência e na vida.

Analise as pessoas que venceram na vida, seja na vida empresarial, seja na carreira universitária, seja em qualquer campo. Elas não começaram só acertando. Elas não começaram com uma vida em mar-de-rosas. Elas erraram muito, mais tiveram a coragem de não ficar paralisadas frente a um fracasso momentâneo. Hoje quando vemos alguém de sucesso erroneamente pensamos que a vida foi fácil para essas pessoas. Achamos que a “sorte” sorriu para elas.
As pessoas de sucesso são sempre pessoas que tiveram a coragem de errar.

Não desista. Faça outra vez, e outra ate conseguir. A perseverança é fundamental nos dias de hoje e na verdade sempre foi um dos maiores ingredientes para se vencer na vida. Vejo que as nossas crianças não têm sido educadas a perseverar. Deixamos que nossos filhos desistam facilmente das coisas. Não os incentivamos a fazer novamente, a tentar novamente, a buscar novos caminhos. Ficamos lamentando o erro, ficamos com dó ou piedade deles ao invés de darmos forca para que eles não desistam. Essa “disciplina de perseverança” é fundamental para o sucesso.


Boa Reflexão!!

domingo, 31 de maio de 2009





Essas fotos são do livro de poesias e de Seu José, um dos melhores alunos que já tive. Estudioso, pontual, amigo, responsável e além de tudo poeta. ele gosta de fazer Cordel. Ele fez uma poesia para a disciplina que eu publicari depois.

poesias

O trabalho com poesia é muito gratificante. Além de estimular a sensibilidade, a poesia estimula a leitura, a escrita, a interpretação , a imaginação.
Na turma da UVA de 2006/02 da cidade de Caicó, nós trabalhamos na disciplina Metodologia do Ensino da Arte, a poesia. Realizamos um trabalho muito bonito que reuni num livro que intitulei de Poemas. Poesia.. Fantasias... assim mesmo com um ponto , dois, depois três, para fazer um jogo com os pontos. Comecei com uma poesia que eu acho lindissima que é do grande poeta Jose Paulo Paes. Considero essa poesia como o primeiro passo para quem quer trabalhar com este tipo de texto. Deixo aqui para que voces se deleitem com Convite e possa conhecer meus rabiscos . Um abraço e boa semana para todos.

Convite
Jose Paulo Paes

Poesia
é brincar com palavras
Como se brinca
com bola papagaio e pião

Só que
bola papagaio e pião
de tanto brincar
se gastam

As palavras não,
quanto mais se brincam
com elas
mas novas ficam.

Como a água do rio
Que é água sempre nova.

Como cada dia
Que é sempre um novo dia.

Vamos brincar de poesia?


Um novo Convite
Vera Lucia

Um belo convite
Jose Paes nos faz
brincar de poesia
que coisa mais genial .

Um convite também quero fazer
Abra o coração e solte a emoção
Faça versos
Faça poesias
Componha uma melodia.

Seja poeta, louco , pateta
Pense, corra feito atleta.
A poesia é completa

Tenha alma de poeta
Que cria inventa
Poetisa a poesia
Poeta poesia poema

Deixe sua sensibilidade fluir
Libere sua criatividade
faça uma poesia
Com certeza o momento
ficará na saudade
que todos lembraremos
quendo tivermos mais idade.




quinta-feira, 28 de maio de 2009

Dinamica: "Colcha de retalhos"

Essa é uma sugestão para quem quer fazer uma atividade num grupo de professores ou na sala de aula que envolva artes, português e também é uma forma de conhecer um pouco os alunos ou as pessoas com quem iremos trabalhar alguma atividade ou grupo de estudo.
Há muitos anos que eu trabalho com essa dinamica por isso não lembro quem é seu autor por isso não vou colocar a autoria. Se alguém souber esteja a vontade para informar. Com o tempo eu fui adaptando ficando desta forma:
  1. Entregar a cada aluno ou componente do grupo um papel com uma atividade para desenhar ( trabalhar o desenho);
  2. Depois que cada um desenhar o que foi pedido, deve apresentar oralmente o que desenhou( trabalhar a oralidade);
  3. Depois que cada um apresentar vai colando o desenho num papel madeira ou TNT formando uma colcha com vários desenhos ( trabalhar a apreciação dos desenhos);
  4. Comentar a experiência e os depoimentos dos colegas:
  5. Para encerrar trabalhar com o texto Colcha de retalhos.

Veja as atividades que podem ser pedidas:

DINAMICA RETALHOS DA VIDA
1. Desenhe a pessoa mais importante para você.
2. Lembre-se do dia que você foi mais feliz e faça um desenho representando esse momento.
3. Desenhe algo que você não teve na infância e fez falta na sua vida.
4. Desenhe a casa dos seus sonhos.
5. Desenhe seu melhor amigo da infância.
6. Desenhe a pessoa que você mais admira.
7. Desenhe algo de sua infância que você nunca esqueceu.
8. Desenhe o brinquedo que mais marcou a sua infância.
9. Desenhe algo que lhe lembra o inicio de sua vida escolar.
10. Lembre-se da melhor viagem que você fez e desenhe esses momentos.
11. Desenhe um objeto de sua casa que hoje lhe foi muito útil.
12. Desenhe o lugar de sua cidade que você mais gosta.
13. Lembre-se de um dia que você foi muito feliz e desenhe seu auto retrato de acordo com aquele momento.
14. Desenhe seus filhos
15. Desenhe a sua família.
16. Desenhe seus alunos.
17. Desenhe o aluno que mais lhe marcou durante sua vida profissional.
18. Desenhe a professora que mais lhe marcou durante toda sua vida de estudo.
19. Desenhe o bicho de estimação que mais marcou a sua infância.
20. Desenhe um bicho que você não gosta.
21. Desenhe uma cena de novela que você mais gostou.
22. Desenhe algo que representa seu nome.
23. Desenhe sua mãe.
24. Desenhe a coisa que você considera mais bonita.
25. Desenhe algo que represente as aulas de metodologia da arte.
26. Lembre-se da maior traquinagem que você fez quando criança e desenhe.
27. Desenhe um por do sol que você viu num dia que estava muito triste;
28. Desenhe um por do sol que você viu quando estava muito feliz.
29. Represente o objeto que você mais admira em sua casa.
30. Desenhe a escola onde você trabalha.
31. Desenhe o vestido ou roupa que você mais gosta ou gostou.
32. Desenhe a sua expressão no dia que soube que tinha passado no vestibular da UVA.
33. Desenhe o que quiser.
34. Desenhe uma parte de uma música que lhe trás muitas lembranças da sua infância.
35. Desenhe uma parte de uma música que lhe lembre o seu primeiro namorado.
36. Desenhe o que é mais importante para você.
37. Desenhe a coisa que você acha mais linda na natureza.
38. Desenhe parte da musica que você mais gosta.
39. Desenhe o dia mais feliz de sua vida.
40. Desenhe as flores que você gostaria de dar a sua mãe.


Senhor,
Outro dia, fiz uma colcha de retalhos.
Ao pegar cada pedaço, recordava-me de pessoas, acontecimentos...
Como se cada um tivesse sua história para contar.
Fui costurar. Cores que à primeira vista não combinavam padrões e desenhos totalmente diferentes, tudo se juntou.
A colcha ficou pronta. E como ficou bonita!
E fico pensando:
Tu criaste todos os seres diferentes. Ninguém é igual ao outro. Nada de repetição, de monotonia. E não são diferentes só fisicamente. Todos pensam diferente, sentem diferente, agem diferente. Um completa o outro. Um apóia o outro.
Que maravilha é uma "colcha" de tantos seres diferentes, formando a humanidade.
Por que quero que todos sejam iguais, pense igual, sintam igual?
Eu sou um pedacinho no grande conjunto. Embelezo sua criação de um deter-minado modo. Outros realçam outras cores, outros padrões.
Importante é querer ser "costurado" aos outros retalhos e não ficar isolado.
Todos unidos à procura da união e da fraternidade, cada um do seu modo, formam a grande colcha da unidade na diversidade.
Obrigado, Senhor!
Inês Broshuis

Um pouco de mim

Uma poesia minha feita num momento de lucidez?
QUEM SABE?
Sou capaz

Sou capaz...
Mesmo que eu erre...
Sou capaz...
Mesmo que eu demore...
Sou capaz...
Mesmo que os outros não gostem
Sou capaz...
Mesmo que às vezes eu desanime
Sou capaz
Mesmo que eu chore porque às vezes cansa ser vista como incapaz
Mas mesmo assim levanto a cabeça e digo:
Sou capaz, sabe por quê?
Sou filha de Deus, fui criada a sua imagem e semelhança.
Ele me criou para vencer
Eu vou vencer apesar de por momentos não ser capaz.
Ainda duvidas?
Vera Lúcia
Currais novos 15/10/2005